Estima-se que cerca de 11% dos bebés nascem antes do tempo, mas os avanços médicos nesta área têm sido enormes e actualmente as crianças que nascem antes das 28 semanas têm uma sobrevivência de 70%, e dos que nascem antes das 30 semanas, 80% não têm problemas de desenvolvimento.

 

Em 2005 nasceram em Portugal 109 399 nados vivos, dos quais 7 260 (6,6%) foram prematuros (idade gestacional abaixo das 37 semanas), 8 200 (7,5%) nasceram com baixo peso (peso ao nascer inferior a 2500 g, independentemente da idade gestacional) e cerca de 1 003 (1%) nasceram com muito baixo peso (peso ao nascer inferior a 1500 g). (Estatísticas demográficas, INE 2007)

 

Nascer PT em POrtugal_page5_image0.
Estas percentagens têm-se mantido estáveis nos últimos anos e estão intimamente ligadas à incidência de gravidez gemelar, que é o factor de risco principal tanto da prematuridade como do baixo peso ao nascer (Quadros abaixo). As grávidas abaixo dos 19 e acima dos 40 anos, com comportamentos de risco, fumadoras, com má vigilância da gravidez têm também riscos acrescidos.

.

Nascer PT em POrtugal_page4_image0

Nascer PT em POrtugal_page4_image1

.Fonte: Nascer Prematuro - Um manual para os pais dos bebés prematuros publicado pela Secção de Neonatologia da Sociedade Portuguesa de Pediatria